Como escolher o fotógrafo da festa infantil

Você pode fazer a festa mais linda do mundo, mas se não tiver bons registros, com o tempo vai ver a celebração passou e não ficou quase nada de recordação, a não ser os bons momentos guardados na memória. Justamente por conta disso as fotos são tão importantes!

Isso mesmo! o fotógrafo tem a função de eternizar esses momentos mágicos e, sem dúvida, isso é algo maravilhoso. Os anos podem passar mas as boas memórias irão permanecer para sempre.

1 – Se você não conhece o profissional, vá atrás de alguém que o conheça. Quando encontrei o que procurava, eu precisei comprovar que aquela pessoa era a ideal para eternizar os momentos da minha festa. Liguei para a decoradora Edilene Benjamin e ela foi taxativa ELE É ÓTIMO (exatamente assim!). Por que a decoradora? Por que ela é a dona do  Fantastic Buffet, onde irei fazer a festa do meu filho, logo, ela saberia me dizer se ele realizava festas lá ou não. Se esse não for o seu caso, entre em contato com o buffet diretamente. Eles sempre vão saber a proporção de festas que a pessoa realiza no local da sua festa.

2 – No contato com o profissional, solicite fotos para você analisar de trabalhos que ele tenha coberto no local onde você irá realizar sua festa. Fiz exatamente isso no segundo contato, e acredite, ajuda muito! Você passa a ter uma expectativa mais real da sua festa. Ver fotos exatamente no local onde será a sua comemoração é ótimo e, se forem no mesmo tema da sua festa é melhor ainda.

3 – Observe o primeiro contato, pois isso diz muito sobre o profissional. Se ele for esnobe, indiferente ou não mostrar muito interesse, saia fora. Quando encontrar um profissional que seja humilde, que dê atenção às suas expectativas, que entre realmente no clima da sua festa, a tendência é que ele dê tudo de si para oferecer o seu melhor e te proporcionar não só uma linda festa. Trocando em miúdos é sempre melhor você mexer com pessoas que sejam acessíveis, simpáticas e humildes. Com Cacau e equipe eu tive uma empatia instantânea.

4 – Não olhe a fama, olhe o trabalho! O que tem de profissional excelente que não tem fama não está no gibi! Nem sempre, o mais popular e badalado fotógrafo da cidade, é o melhor, viu?

5 – Analise os comentários na página do profissional. Não existe coisa melhor! Vou abrir uma particularidade para vocês: já desisti de fazer um bolo com uma profissional porque depois de entrar na página dela, vi a desordem em pessoa e os comentários assustadores. Corri léguas!

6 – Vá no local de trabalho do profissional. Isso faz toda a diferença! Você tanto pode contratar, como pode deixar de contratar. É a boa e velha história de que a primeira impressão é a que fica. Uma estrutura consolidada conta muito, principalmente no ramo de fotografia. Foi exatamente isso que eu fiz. Fui visitar e, chegando lá, vi uma bebê fofa fazendo fotos… Ainnnn. Uma fofura! Além disso, tudo é bem organizado, do atendimento ao estúdio.

7 – Considere a busca por coisas novas, o nível de interesse do crescimento do profissional. Como assim Ranne? Vou trazer o meu exemplo. Fiquei observando enquanto me explicavam sobre os álbuns super diferentes e quando, especialmente, eles disseram: estamos sempre em busca dessas novidades. Se o profissional é interessado em crescer, ele sem dúvida vai sempre inovar em cada trabalho, logo, a chance de ter surpresas ainda melhores no resultado final é muito maior. Fiquei chocada com os novos estilos de álbuns, mas o que escolhi foi amor a primeira vista! Prometo que falo sobre depois.

8 – Se possuir cerimonial, peça referências para a cerimonialista. Quando falei com Vanessa, do Real Cerimonial, ela também foi taxativa ao dizer que o trabalho dele era ótimo. Meu nível de confiança na minha escolha só aumentou.

9 – Veja o tipo de trabalho que o profissional desempenha e a permanência de amigos e familiares com ele. Se o profissional fez as fotos da gestação, newborn, smash de cake, aniversário de 1 ano, 2 anos e por aí vai, o que você irá concluir? Que esse profissional realmente atende bem às expectativas. Fiquei super feliz em chegar lá e ver as fotos do coleguinha do meu filho e ouvir a Angela (esposa do Cacau) comentando que eles fazem a cobertura do amiguinho desde a gestação dele. Isso contou muito!

10 – Avalie a forma como ele entrega o trabalho! Vocês não tem ideia do quanto isso pesa! Se o profissional entrega o produto de forma cuidadosa, com mimos para o cliente, você vai sentir ainda mais que houve carinho e dedicação no trabalho. A embalagem que você recebe, pode muitas vezes ser algo bem próximo daquilo que você irá receber no pacote. Acredite, eu já passei essa péssima experiência de receber uma embalagem desleixada e um trabalho com bem menos dedicação do que a embalagem. Não é nada bom! Por uma feliz coincidência no dia em que fui no Cacau Fotógrafo, havia duas sacolas lindíssimas com direito a mensagem especial e tudo mais. Acha que só eu quem percebi o capricho e a dedicação? A pessoa que foi comigo, quando saímos do estúdio disse na hora: Você viu que coisa linda as sacolas e a mensagem pendurada, Ranne? Tá vendo…Se nós notamos, imagine a pessoa que iria receber aquele álbum.